Handmade Content

11 passos para transformar sua participação em eventos em aprendizado perene

Publicado em 1 de outubro de 2018
Por:

João

Guilherme Brotto

Não existe outro caminho para entender as transformações, os sinais e as tendências que estão construindo o amanhã a não ser aprendendo continuamente. E uma das minhas modalidades preferidas para exercer esse aprendizado contínuo é a cobertura de eventos.

No entanto, eu sei que transformar a participação em eventos em aprendizado perene é um desafio e tanto. Aliás, você já parou para pensar sobre como o conhecimento absorvido em um evento pode se perder facilmente?

É verdade que durante aqueles dias de imersão, fora do ambiente de rotina, a cabeça vai a mil. Afinal, quem nunca sentiu o cérebro fervendo diante de tanto aprendizado em um congresso com conteúdo de alto nível?

Mas aí voltamos para o escritório, seguimos nossas vidas, a rotina de trabalho toma conta da agenda e mal nos lembramos do que aprendemos no evento que foi há uma semana…

auditório evento

A solução para esse problema

Uma coisa que reparo é que pouquíssimas pessoas se preocupam em fazer anotações enquanto assistem a uma palestra.

Pode ser que eu esteja apenas acostumado aos ossos do ofício jornalístico, que exigem que eu documente o conteúdo no ato, mas a verdade é que se eu não registrar o que estou absorvendo, sei que poucos dias depois a informação vai acabar se perdendo. E talvez o mesmo valha para você. E, se isso acontecer, qual terá sido o real valor dos dias investidos no evento?

O conhecimento precisa ser exercitado para ser absorvido. Precisamos ser agentes mais ativos em nosso processo de aprendizado contínuo.

Para isso, acredito que as técnicas jornalísticas de cobertura de eventos podem ser úteis a qualquer pessoa interessada em aprender continuamente.

aprendizado perene - next conference

Durante a NEXT Conference, em Hamburgo. Veja como quase ninguém está preocupado em fazer anotações

Cubra o evento como um jornalista

É normal que empresas enviem pessoas para participar de eventos, mas nem sempre há o cuidado de transformar o conhecimento absorvido em algo prático. Geralmente, o compartilhamento do conteúdo com o time pós-evento fica no informal – quando acontece.

Acredito que as empresas e profissionais ganhariam muito se desenvolvessem processos específicos de absorção e compartilhamento de conteúdo em eventos.

Foi isso, inclusive, que me levou a pensar em um passo a passo para aproveitar um evento ao máximo e fazer com que ele não seja apenas uma injeção de adrenalina com efeito de curto prazo, mas uma base sólida para aprender e compartilhar.

As dicas abaixo me ajudam a organizar o conteúdo de forma que eu possa, por exemplo, escrever reportagens de 20 mil caracteres sobre o assunto posteriormente. É um processo bastante simples, baseado em vários anos exercendo essa função. Espero que o inspire a criar sua própria metodologia de cobertura de eventos!

11 passos para transformar sua participação em eventos em aprendizado perene

Antes do evento

1 – Faça a lição de casa

Estude os temas que serão debatidos, investigue os palestrantes e se atualize sobre assuntos que estão na programação. O objetivo é simplesmente chegar no dia bem informado. Isso dará mais foco e capacidade de compreensão.

Aqui na Handmade temos uma etapa extra de fazer contato com a assessoria de imprensa do evento e com os próprios palestrantes para agendar entrevistas.

2 – Providencie algo para fazer anotações

Eu prefiro o laptop, por oferecer uma digitação mais ágil, mas vale o tablet, celular ou mesmo um caderno ou agenda. A melhor dica é você usar o que se sente mais confortável e o que considera mais eficiente.

3 – Defina uma missão para o evento

Como aqui falamos de um viés jornalístico para a cobertura de eventos, vou recomendar tarefas relacionadas a conteúdo. A ideia é que sua participação no evento permita que você crie algo que possa ser compartilhado posteriormente. Pode ser:

– Um artigo para o LinkedIn Pulse ou blog com os aprendizados do evento;
– Uma palestra para o time e parceiros;
– Um checklist com dicas práticas;
– Um vídeo;
– Stories para o Instagram;
– Áudio para o WhatsApp;
– Apresentação para reunião…

Vale tudo. E até tudo junto! O importante é chegar ao evento sabendo o que terá que fazer depois dele.

aprendizado perene - next conference-4

Durante o evento

4 – Chegue cedo

Chegue ao local do evento pelo menos 20 minutos antes do horário anunciado. A ideia é encontrar um ambiente tranquilo e pegar um bom lugar. Assim, você já começará o dia com um clima preparado para o aprendizado.

5 – Não exagere no coffee break

Geralmente essas comidas são gordurosas e pesadas. Não é difícil ficar estufado e sonolento após um exagero no lanchinho ou almoço. Quem nunca viu alguém dormindo em uma palestra? Não seja essa pessoa. A mesma dica se estende ao dia anterior ao evento. Aquela festa de abertura pode causar estragos.

6 – Aja como um jornalista

Se sua missão pós-evento for fazer um relatório de 10 páginas sobre o conteúdo que viu por lá, só a sua memória não vai bastar. Como todo jornalista interessado em apurar um conteúdo com responsabilidade, você precisa registrar tudo o que considerar relevante. Seja algo que o palestrante falou, o que passou pela sua cabeça depois de ouvir algo e/ou qualquer insight ou ideia.

7 – Não confie em sua memória

Esta dica é complementar à anterior. Se achou algo minimamente interessante, anote. Desde uma palavra-chave que te ajude a lembrar de algo até uma ideia que teve na hora. Quanto mais material tiver depois, ainda que com cara de rascunho e com de erros de digitação, mais fácil será desenvolver o relatório.

8 – Converse com quantas pessoas puder

Além de ter uma boa oportunidade de conhecer gente interessante, um papo rápido entre uma palestra e outra com o colega do lado no auditório ou no café vai proporcionar outras visões sobre os temas do evento.

9 – Se possível, converse com os palestrantes 

É normal que os palestrantes fiquem rodeado de gente depois de uma palestra. Porém, se você achar que a conversa vale a pena, invista esses minutos de fila para fazer perguntas e trocar ideias. Vale até convidar o especialista para uma entrevista para o blog da empresa!

10 – Grave áudios ou vídeos

Ao fim do evento ou ao chegar ao hotel, grave um áudio ou vídeo falando sobre o que aprendeu. Essa gravação pode ser compartilhada depois ou servir para suas próprias consultas futuras. É importante fazer no mesmo dia, para aproveitar o conhecimento fresco.

Depois do evento

11 – Mãos à obra

Organize todas as informações que você anotou e transforme no que você se comprometeu em sua missão, antes do evento.

A ideia, com isso, é documentar o aprendizado e multiplicar o conhecimento.

Com o passar dos anos você terá, por exemplo, uma visão atualizada sobre o mesmo evento a que vai anualmente – o que é muito interessante. Isso, por sua vez, o ajudará a entender melhor o mercado, como as tendências se desenham e acontecem.

Por fim, assim você estará construindo na empresa uma cultura que incentiva o aprendizado permanente. É esse tipo de atitude que constrói e diferencia grandes empresas!

11 passos para transformar sua participação em eventos em aprendizado

Instalação da Moleskine no Fuorisalone Milano 2018

Precisa de ajuda para fazer essa cobertura de eventos?

A Handmade é especialista na cobertura jornalística de eventos globais. Seja como integrante do grupo de sua empresa ou como enviado especial. Por termos correspondentes baseados na Europa e na Ásia, temos facilidade de acesso aos eventos mais relevantes do mundo.

Aproveito para deixar como exemplo parte de uma cobertura que fizemos de um evento na Alemanha para o Sebrae-PR. Coincidentemente, o vídeo dá boas dicas sobre tendências e sobre como direcionar sua mente para compreender as mudanças que estão transformando os negócios.

Entre em contato conosco e saiba como podemos transformar os aprendizados de eventos da sua área em conhecimento perene para seus colaboradores, clientes e parceiros!

Leia também!

O ofício do jornalista, a cerveja artesanal e por que você deveria educar seus clientes
Como as tendências de consumo se relacionam com o marketing de conteúdo
A arte de fazer revistas e um olhar sobre o futuro do jornalismo impresso

crie conteúdos únicos e marcantes para seus clientes.

Fale Conosco
Compartilhe este artigo:

receba novidades | assine nossa newsletter

Onde estaremos
Em breve

  • Milão - Itália Em busca de tendências no design, arte e food services
  • Amsterdam - Holanda Imersão em uma cidade que respira inovação
  • Tóquio - Japão Investigando uma das culturas mais fascinantes do mundo


CONTEÚDO

Acompanhe nosso blog

receba novidades | assine nossa newsletter

Fale conosco