Handmade Content

Análise de dados e criatividade nas estratégias de marketing de conteúdo

Publicado em 6 de setembro de 2018
Por:

Francine

Pereira

Os dados se tornaram uma moeda importante na economia atual. Por meio de informações sobre determinados grupos, as organizações podem direcionar suas ações de comunicação, seus produtos e serviços de acordo com o perfil e as preferências de seus públicos. Isso, por sua vez, aumenta as chances de elas conquistarem um cliente, um parceiro, um seguidor etc. No que diz respeito a estratégias de marketing de conteúdo, a análise de dados serve como guia para direcionar todas as ações e, muitas vezes, é a base do planejamento.

Mas qual será o limite do uso dessas informações?
Como evitar que os dados eliminem a criatividade do processo? Ou ainda que se sobreponham à personalidade da marca?
— Como se diferenciar quando todos estão analisando as mesmas informações?

É sobre isso que refletimos neste artigo.

Continue a leitura e entenda melhor a relação entre análise de dados e criatividade nas estratégias de marketing de conteúdo.

Criatividade X Análise de dados

estratégias de marketing de conteúdo

A criatividade é um processo de desenvolvimento de novas ideias, que atendam a um objetivo específico. Essas ideias nascem da bagagem de conhecimento e informações que temos e é um processo não linear e flexível. A criatividade mistura análises de elementos objetivos e racionais, com criações subjetivas do nosso imaginário.

Já a análise de dados é o processo de estudar, filtrar e/ou cruzar informações específicas e limitadas com o intuito de encontrar respostas para determinadas perguntas ou problemas e para gerar referências que ajudem na tomada de decisões.

Podemos dizer que, enquanto a criatividade convida as pessoas a pensarem fora da caixa, a análise de dados exige o foco dentro da caixa.

Mas isso não quer dizer que um método precisa eliminar o outro. É possível – e muito útil – combinar os dois! Afinal, a análise de dados pode oferecer informações valiosas para o processo criativo. E a criatividade pode ajudar a tornar a análise de dados mais abrangente, por meio da leitura nas “entrelinhas” dos números.

O problema acontece quando o big data é o ponto central e único no desenvolvimento de ideias. Dessa forma, estratégias passam a ser guiadas de acordo apenas com o que é possível estudar e entender em relação ao público-alvo, muitas vezes deixando de lado fatores tão importantes quanto as informações – como os valores e a identidade da marca e a necessidade de inovar, por exemplo.

Big data, criatividade e marketing de conteúdo – tudo interligado

estratégias de marketing de conteúdo.

Ao focar apenas na análise de dados, as possibilidades de criação diminuem consideravelmente, “podando” o processo criativo e gerando resultados padronizados. E isso tem um impacto significativo nas estratégias de marketing de conteúdo.

→ Imagine, por exemplo, que você desenvolva uma pesquisa com seus clientes para conhecer melhor as necessidades deles e, a partir daí, gerar novas pautas para seu portfólio de conteúdo.

Ótimo!

Esta é, inclusive, uma das estratégias que aplicamos na Handmade Content.

Mas é preciso levar em conta que, grande parte do seu público, também é o público dos seus concorrentes.

Sendo assim, se eles também realizarem a pesquisa, vocês terão as mesmas informações e basearão seus conteúdos nos mesmos dados. Resultado: informações repetidas e/ou saturadas. Consequentemente, pautas potencialmente não atraentes.

análise de dados

Nesse sentido, além de realizar a análise dos dados do seu público, na hora de desenvolver estratégias de conteúdo, é importante levar em conta outros elementos que ajudam a enriquecer seu conteúdo, tais como:

Personalidade e valores da marca

O seu conteúdo deve refletir a identidade da sua marca. Ao entregar apenas as informações que você tem certeza que seus clientes querem receber, você deixará de divulgar aspectos relacionados aos seus valores e ao seu posicionamento, que são extremamente relevantes para que as pessoas possam se interessar pelo seu conteúdo e se identificar com sua marca.

Conhecimento de mercado

O processo criativo funciona como um remix de informações que ajudam a criar novas ideias. Por isso, é fundamental entender as tendências e os movimentos do seu mercado. Isso o ajudará a gerar conteúdo alinhando o conhecimento que o seu público busca (por meio da análise de dados) com as informações sobre o que ele ainda não sabe que precisa.

Benchmarking em outras áreas

E falando em remix, quando se trata de desenvolver pautas e estratégias de conteúdo mais criativas, é importante buscar inspirações fora do seu segmento. Conheça as ações que estão dando certo em outros mercados e adapte-as de acordo com o seu público e o posicionamento da sua marca.

Resumindo: 

Para personalizar o conteúdo, sem perder a personalidade e sem matar a criatividade, é importante ir além da análise de dados.

É preciso explorar outras informações e ideias – para armazenar conhecimento e alimentar a imaginação – e também levar em conta os valores da organização.

É isso que dará a base para pautas criativas e alinhadas às necessidades do seu público e à identidade da marca.

Como o marketing de conteúdo pode ajudar a aprimorar a experiência do cliente

Vamos conversar sobre estratégias de marketing de conteúdo?

Na Handmade Content, utilizamos nossa vivência internacional para criar estratégias de marketing de conteúdo que atendam as necessidades dos clientes, mas que também tornem as empresas referências em seus mercados. 

Clique aqui e saiba mais sobre nosso trabalho.

crie conteúdos únicos e marcantes para seus clientes.

Fale Conosco
Compartilhe este artigo:

receba novidades | assine nossa newsletter

Onde estaremos
Em breve

  • Milão - Itália Em busca de tendências no design, arte e food services
  • Amsterdam - Holanda Imersão em uma cidade que respira inovação
  • Tóquio - Japão Investigando uma das culturas mais fascinantes do mundo


CONTEÚDO

Acompanhe nosso blog

receba novidades | assine nossa newsletter

Fale conosco